Campanha polêmica da Starbucks na Russia

“Todo café deveria ser um Starbucks”, mas se não é, o quê fazer? Foi lançada uma ação na Russia, que ‘disfarça’ os cafés que não são Starbucks. Criada pela BBDO, a ação promocional distribuiu postais que após montados podem enrolar os copos dos cafés concorrentes. Eles foram entregues aos consumidores em lojas e livrarias.

A ação, que com certeza está desagradando os concorrentes, parece não ter sido motivada pela Starbucks. É o que ela alegou em nota. O aepresentante da empresa Maggie Jantzen HuffPost disse que, embora BBDO Moscou tem feito um trabalho com a Starbucks na Rússia, no passado, esta campanha não foi aprovada. Jantzen disse que não sabe como os materiais foram divulgados. Jantzen foi inflexível que a Starbucks nunca consideraria tal promoção.

Caiu nessa diesculpa? Bem, a Starbucks está na Russia desde 2007. São 56 lojas, que só puderam ser abertas depois de uma dispta da amrca que atrasou em três anos a chegada ao mercado russo.

O uso dos códigos QR na publicidade

Imagine uma campanha de marketing digital saindo na rede e ganhando as ruas. Ou uma campanha que se complementasse perfeitamente com a internet? Uma das poucas maneiras de unir o offline ao online, sem dúvida, são os Códigos QR.

Bastante semelhantes a um código de barras, mas a 2d, os QR permitem que os usuários de smartphones e tablets cheguem a sites, usando apps de leitura.

O que o QR faz é armazenar dados que podem ser traduzidos por softwares especificos conhecidos como leitores de QR.

Criar esses códigos é muito fácil. Numa busca rápida no Google é possível encontrar vários geradores de código, bastando apenas introduzir os dados e imprimir ou fazer cópias do código QR e colocá-los em locais que achemos mais convenientes para o tipo de mensagem que queremos divulgar.

Apesar da sua versatilidade e da popularização cada vez maior de dispositivos móveis, o uso dos QR ainda é tímido. Eles são vistos em rodapés de outdoors, de anúncios de revistas ou mesmo nas embalagens dos produtos. Mas vale inovar para torná-lo mais atrativo ao usuário.

A maneira que a Victoria’s Secret escolheu foi colocar os códigos encobrindo suas modelos. Assim, para ver o anúncio completo, o consumidor teria que “ler” o QR.

 

 

 

 

Veja outras maneiras de usar o QR:

Cartões de visita

Camisetas

Placas

E-mail marketing influencia dois a cada três brasileiros

Pesquisa recente divulgada pela Exact Target, empresa especializada em soluções de marketing digital, mostra que dois terços dos brasileiros compraram produtos após receberem e-mail marketing. A pesquisa ouviu 1.400 consumidores.

Embora apenas 42% da população possuem acesso à internet, 91% dos internautas estão cadastrados para receber e-mail marketing. Já 68% dizem ter feito uma compra após receber mensagens via e-mail, e 53% ficaram mais interessados em comprar produtos depois de efetuar cadastro e receber e-mail de determinada empresa.

Receber descontos e promoções (60%), avisos de lançamento de mercadorias (54%) e manter-se atualizados sobre produtos e serviços já existentes (53%) são os principais motivos que levam os consumidores a cadastrarem seu endereço em mailing de empresas.

Via e-commerce news

O desempenho do Facebook no Brasil em junho

Curioso para saber a situação do Brasil no ranking de usuários do Facebook? Ou quais as marcas se destacaram entre os internautas? Pois bem, o Social Bakers divulgou os números de junho.

O Brasil segue em segundo lugar com mais de 53 milhões usuários. Segundo a pesquisa o Facebook possui 26,37% de penetração entre os brasileiros e 69,83% entre os internautas.

Ainda de acordo com o Social Bakers, as mulheres são a maioria na rede social e 32% do público tem entre 18 e 24 anos.

ImagemImagem

Já o Guaraná Antarctica, Skol, L’oréal Brasil, Hotel Urbano e Halls Brasil aparecem no Top 5 das marcas no Facebook no país:

Brands Facebook users
Guaraná Antarctica 6629481
Skol 5947607
L’Oréal Paris Brasil 4209902
Hotel Urbano 3842472
Halls Brasil 3274164

Dicas para o sucesso do Email Marketing

Primeiro de tudo: não caia nessa de 200 mil envios por apenas R$ 39,90 mensais. A cada dia os anti-spans dos provedores estão mais refinados então se você disparar tantos emails de uma só vez vai acabar caindo na caixa de spam for sure!

Além disso, mais do que o número de disparos, é importante atentar para a qualidade deles, ou seja, monte seu próprio mailing a partir de pessoas que realmente tenham interesse no seu produto/informação. Isso vai aumentar a taxa de abertura dos seus emails e consequentemente de efetividade dos mesmos.

Dito isso, vamos ver outras dicas que podem ajudar e potencializar o seu Email Marketing:

  • Seja suscinto no assunto: não ultrapasse 60 caracteres.
  • Nada de usar caixa alta, símbolos ou muitos acentos gráficos.
  • Procure formar um texto atrativo para que cliente tenha interesse em abrir a mensagem.
  • Algumas palavras/expressões são proibidas como: compre agora, grátis, promoção, acesse aqui, clique aqui, compra, venda. Tudo isso pode ser considerado como lixo e ir parar a caixa de spam.
  • Não use imagens de pastas com nomes como emailmkt, promoção, etc.
  • Não esqueça de inserir em todo email a opção de visualizar o email marketing corretamente e a opção do link de descadastro “Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele seu recebimento aqui”.

Adote essas dicas e potencialize o alcance do seu Email Marketing!

Certificação 8 P’s do Marketing Digital

Hoje já é quarta-feira, mas parece que ainda estou de ressaca do curso da metodologia 8 P’s do Marketing Digital. Acompanhei o curso de Conrado Adolpho nos dias 07 e 08 de julho e só posso dizer que o cara entende muito e é muita informação! Foram 16 horas intensas e ainda restam outras 14 online.

Com o passar dos dias irei escrevendo aqui algumas reflexões que foram despertadas com o curso. Mas para começar, o quê são esses tais de 8 P’s? Em resumo servem para sistematizar os processos e organizar os processos.

  1. PESQUISA – Conhecer o seu negócio, a concorrência e o cliente. Quanto mais você investe em pesquisam mais assertiva será tua ação.
  2. PLANEJAMENTO – Transformar dados em conhecimento.
  3. PRODUÇÃO – Mão na massa. Programação, desenvolvimento.
  4. PUBLICAÇÃO – Conteúdo nos seus sites e nas mídias sociais..
  5. PROMOÇÃO – Falar sobre a marca. Vem acompanhado do P mais importante que é a PROPAGAÇÃO.
  6. PROPAGAÇÃO – Mais pessoas falando da sua marca – e com muito mais credibilidade. Aproveitar o grau de atividade do consumidor.
  7. PERSONALIZAÇÃO – Relacionamento. Valorização do ser humano. Você vai perguntar o que elas querem e trabalhar para entregar o que elas querem.
  8. PRECISÃO – Avaliação. Aparar as arestas.

No final, você pensa: “Pôxa!”. Eu que sou jornalista por formação me senti assim por diversas vezes durante o treinamento, mas o fato é que para ter êxito no Marketing Digital ou não o importante é trabalhar duro e pensar sempre primeiro no cliente. Ele é quem vai lhe direcionar para a melhor estratégia.